Cirurgião Plástico - Como se tornar - requisitos Quanto Ganha? Libelula

 

CIRURGIÃO PLÁSTICO - COMO SE TORNAR - QUANTO GANHA?

salario cirurgiao

 

A formação de um Cirurgião Plástico envolve dedicação e muito estudo. Para se tornar um especialista em Cirurgia Plástica é necessário pelo menos 12 anos de estudos, que se dividem da seguinte forma:

6 anos de graduação em Medicina.

2 ou 3 anos de Residência em Cirurgia Geral.

3 anos de Residência em Cirurgia Plástica.

No final desta jornada, o profissional realiza uma prova para atestar os conhecimentos adquiridos na especialização e permitir a associação ao grupo na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), lhe forneça seu título de especialista.

Lembrando que cursos de aperfeiçoamento e atualização são constantes, novos métodos e novas demandas, são praticamente diárias, ficar atualizado é a melhor maneira de captar pacientes e entregar um resultado acima do esperado. Isso se traduz em reconhecimento e estabilidade financeira.

Não é recomendado atuar sem especialidade, 96% dos erros em cirurgias plásticas são causados por médicos que não habilitados/especializados na área. Inclusive o Conselho Federal de Medicina tem atuado de forma constante e pesada contra esses profissionais.

A certificação fornecida pela SBCP funciona como uma segurança para o paciente e para o profissional habilitado. Todo esse período de formação indica que o profissional teve acesso às devidas informações de maneira certificada e rigorosa, guiada pela entidade adequada, e então se encontra habilitado para realizar todo o tipo de cirurgia plástica.

 

ANADEM - Proteção Jurídica para Médicos:

 

anadem

Continuando...

 

O que faz um Cirurgião Plástico?

O Cirurgião Plástico é o especialista médico, capacitado e habilitado em tratar patologias e traumas, além de buscar melhorias nas características estéticas de seus pacientes. Sua atuação pode envolver o tratamento de problemas congênitos e de reparação, conhecida como cirurgia reparadora, assim como o desejo de mudança da aparência física, conhecida como cirurgia plástica reparador

Nem sempre estamos falando em saúde física, um incômodo estético pode afetar a parte psicológica de uma pessoa, alterando sua alto-estima e muitas vezes causando depressão ou problemas sociais de aceitação, por isso, o cirurgião plástico necessita ser um profissional sensível a sentimentos e atento para encontrar o melhor resultado possível e saudável para o seu paciente, tendo em mente que cada organismo pode reagir de uma maneira, e é sua função orientar o paciente para que não cometa excessos.

Sua habilitação, lhe permite realizar cirurgias no rosto, nas mãos, nos seios, nos glúteos, abdômen e outras partes do corpo. Existem cirurgias muito que são muito mais demandadas como lipoaspirações e implantes de prótese de silicone nos seios.

 

Tempo de especialização para Cirurgia Plástica:

O Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), que reconhecem a Comissão Mista de Especialidades (CME), não consideram como especialidades médicas aquelas com um tempo de formação inferior à dois anos, portanto cuidado com cursos de especialização que oferecem muitas "facilidades".

 

 

Quanto ganha um cirurgião Plástico?

 

O Cirurgião Plástico já é há muito tempo a especialidade médica que melhor paga no Brasil. Sua média salarial é cerca de R$ 20 mil por emprego. Ainda é possível saber que os cirurgiões plásticos conseguem acumular mais do que apenas um trabalho, o que possivelmente traz rendimentos ainda maiores. Se falarmos de um consultório em local nobre, alta demanda e um bom profissional, podemos elevar esse valor de 2x até 5x.

 

Ganhos do Cirurgião Plástico em relação a outras especialidades:

1 R$ 30 mil - Neurocirurgião

2 R$ 18.564 - Cirurgião Plástico

3 R$ 15.975 - Cirurgião Geral

4 R$ 14.353 - Ortopedista

5 R$ 9.909 - Médico Auditor Sênior

6 R$ 9.849 - Médico Anestesista

7 R$ 9.058 - Dermatologista

Números das empresas Catho/Exame 2021

 

Demanda de Cirurgia Plástica no Brasil:

O Brasil é um dos países em que mais se realiza cirurgias plásticas, estando em segundo lugar e perdendo apenas para os Estados Unidos, há uma procura muito grande por brasileiros e por pessoas de fora que vem para o Brasil em busca de médicos especializados em cirurgia plástica, já conhecendo a reputação do país. Atualmente temos uma demanda muito grande por Hospitais especializados em Cirurgia Plástica, e temos concorrido fortemente com outros países, como a Turquia em cirurgia de implante capilar.

 

É possível aumentar os rendimentos do Cirurgião Plástico?

Como falamos, nessa área, há uma forte relação entre oferta e demanda, o reconhecimento do profissional e sua área de atuação podem fazer muita diferença. Na maioria dos casos, cirurgias plásticas são eletivas e realizadas por questões estéticas (não cobertas por planos de saúde). Portanto, atuar em um grande centro costuma trazer mais oportunidades de ganhos, além da densidade demográfica maior, quanto mais pessoas, mais clientes.

 

Mas todos são unânimes, que além da ótima qualidade técnica do profissional cirurgião plástico, sua dedicação e transparência e cuidado com o paciente, pode trazer um retorno surpreendente, o antigo boca a boca, atualmente possui um alcance inimaginável, quando falamos de redes sociais, a recomendação de uma paciente é a porta de entrada para o sucesso!

 

A construção de imagem de um médico pesa bastante. Ser um cirurgião plástico que é referência no mercado e que é procurado por muitos pacientes costuma melhorar seus ganhos, lembre-se que nos dias atuais, não "estar disponível", pode ser interpretado como "arrogância", portanto esteja sempre solicito, ou tenha alguém da equipe para ficar a disposição e passar a melhor imagem possível sua e de sua clínica/consultório

Confira:

AS DEZ MANEIRAS PARA O MÉDICO GANHAR DINHEIRO

 

 

Esteticistas podem realizar cirurgia plástica?

Segundo a Resolução do CFM Nº 2.116/2015, a medicina estética não é reconhecida como uma especialidade médica. Da mesma forma, caso esses médicos atuem como cirurgiões plásticos, os mesmos estarão infringindo o Código de Ética Médica, além do próprio código penal (prática ilegal da medicina), já que este proíbe os profissionais de anunciar títulos para os quais não possuem certificação/ especialização válida.

Libélula Seguros - ANADEM

11 97444-1981 - contato@libelulaseguros.com.br

 

ANADEM - Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética